(AMAR)GO.ROZZI

Os pensamentos insanos de Fernanda Evangelista

April 9, 2014 2:49 am 2:43 am 2:39 am 2:27 am

Martha Medeiros

Martha Medeiros

(Source: medesejesorte, via singela-bruta)

2:25 am 2:22 am
Depois de algum tempo você aprende a diferença, a sutil diferença entre dar a mão e acorrentar uma alma. E você aprende que amar não significa apoiar-se, e que companhia nem sempre significa segurança. E começa a aprender que beijos não são contratos e nem promessas. E começa a aceitar suas derrotas com a cabeça erguida e olhos adiante, com a graça de um adulto e não com a tristeza de uma criança. E aprende a construir todas as suas estradas no hoje, porque o terreno do amanhã é incerto demais para os planos, e o futuro tem o costume de cair em meio ao vão.Depois de um tempo você aprende que não importa o quanto você se importe, algumas pessoas simplesmente não se importam… E aceita que não importa quão boa seja uma pessoa, ela vai feri-lo de vez em quando e você precisa perdoá-la por isso. Aprende que falar pode aliviar dores emocionais. Descobre que leva-se um certo tempo para construir confiança e apenas segundos para destruí-la, e que você pode fazer coisas em um instante, das quais se arrependerá pelo resto da vida. Aprende que verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo a longas distâncias.E que bons amigos são a família que nos permitiram escolher. Descobre que as pessoas com quem você mais se importa na vida são tomadas de você muito depressa… Por isso, sempre devemos deixar as pessoas que amamos com palavras amorosas, pode ser a última vez que as vejamos. Aprende que paciência requer muita prática. Descobre que algumas vezes, a pessoa que você espera que o chute quando você cai, é uma das poucas que o ajudam a levantar-se. Aprende que maturidade tem mais a ver com os tipos de experiência que se teve e o que você aprendeu com elas, do que com quantos aniversários você celebrou.Aprende que há mais dos seus pais em você do que supunha. Aprende que nunca se deve dizer a uma criança que sonhos são bobagens, poucas coisas são tão humilhantes e seria uma tragédia se ela acreditasse nisso. Aprende que quando está com raiva tem o direito de estar com raiva, mas isso não te dá o direito de ser cruel. Descobre que nem sempre é suficiente ser perdoado por alguém, algumas vezes você tem que aprender a perdoar-se a si mesmo. Aprende que não importa em quantos pedaços seu coração foi partido, o mundo não pára para que você o conserte.Aprende que o tempo não é algo que possa voltar para trás. Portanto, plante seu jardim e decore sua alma, ao invés de esperar que alguém lhe traga flores. E você aprende que realmente pode suportar. Que realmente é forte, e que pode ir muito mais longe… Depois de pensar que não se pode mais. E que realmente a vida tem valor e que você tem valor diante da vida.
Autor Desconhecido

Depois de algum tempo você aprende a diferença, a sutil diferença entre dar a mão e acorrentar uma alma. E você aprende que amar não significa apoiar-se, e que companhia nem sempre significa segurança. E começa a aprender que beijos não são contratos e nem promessas. E começa a aceitar suas derrotas com a cabeça erguida e olhos adiante, com a graça de um adulto e não com a tristeza de uma criança. E aprende a construir todas as suas estradas no hoje, porque o terreno do amanhã é incerto demais para os planos, e o futuro tem o costume de cair em meio ao vão.
Depois de um tempo você aprende que não importa o quanto você se importe, algumas pessoas simplesmente não se importam… E aceita que não importa quão boa seja uma pessoa, ela vai feri-lo de vez em quando e você precisa perdoá-la por isso. Aprende que falar pode aliviar dores emocionais. Descobre que leva-se um certo tempo para construir confiança e apenas segundos para destruí-la, e que você pode fazer coisas em um instante, das quais se arrependerá pelo resto da vida. Aprende que verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo a longas distâncias.
E que bons amigos são a família que nos permitiram escolher. Descobre que as pessoas com quem você mais se importa na vida são tomadas de você muito depressa… Por isso, sempre devemos deixar as pessoas que amamos com palavras amorosas, pode ser a última vez que as vejamos. Aprende que paciência requer muita prática. Descobre que algumas vezes, a pessoa que você espera que o chute quando você cai, é uma das poucas que o ajudam a levantar-se. Aprende que maturidade tem mais a ver com os tipos de experiência que se teve e o que você aprendeu com elas, do que com quantos aniversários você celebrou.
Aprende que há mais dos seus pais em você do que supunha. Aprende que nunca se deve dizer a uma criança que sonhos são bobagens, poucas coisas são tão humilhantes e seria uma tragédia se ela acreditasse nisso. Aprende que quando está com raiva tem o direito de estar com raiva, mas isso não te dá o direito de ser cruel. Descobre que nem sempre é suficiente ser perdoado por alguém, algumas vezes você tem que aprender a perdoar-se a si mesmo. Aprende que não importa em quantos pedaços seu coração foi partido, o mundo não pára para que você o conserte.
Aprende que o tempo não é algo que possa voltar para trás. Portanto, plante seu jardim e decore sua alma, ao invés de esperar que alguém lhe traga flores. E você aprende que realmente pode suportar. Que realmente é forte, e que pode ir muito mais longe… Depois de pensar que não se pode mais. E que realmente a vida tem valor e que você tem valor diante da vida.

Autor Desconhecido

March 19, 2014 12:48 am March 14, 2014 12:28 am
Pois é, eu me peguei pensando em você o dia inteiro, mais uma vez.
A noite, quando me deitei, peguei nossas fotos e relembrei momentos.
Minha cabeça no seu peito, você acariciando meus cabelos, posso ouvir e sentir teu coração batendo, sinto teu perfume ainda impregnado no meu nariz, na minha memória. 
Porque esse amor não se foi com sua partida? 
Não sinto dor, nem remorso…
Eu sinto a sua falta,
Eu não consigo mais escutar sua voz,
Tua respiração,
Nem teu toque.
Já pedi um milhão de vezes ao céus para te ter aqui comigo.
Mas,
Você pensa em mim como eu penso em você?

Pois é, eu me peguei pensando em você o dia inteiro, mais uma vez.

A noite, quando me deitei, peguei nossas fotos e relembrei momentos.

Minha cabeça no seu peito, você acariciando meus cabelos, posso ouvir e sentir teu coração batendo, sinto teu perfume ainda impregnado no meu nariz, na minha memória. 

Porque esse amor não se foi com sua partida?

Não sinto dor, nem remorso…

Eu sinto a sua falta,

Eu não consigo mais escutar sua voz,

Tua respiração,

Nem teu toque.

Já pedi um milhão de vezes ao céus para te ter aqui comigo.

Mas,

Você pensa em mim como eu penso em você?

12:01 am
March 12, 2014 1:49 am
Desde aquele sonho, tenho vontade de cruzar as fronteiras e correr para teu mundo. 
Perder-te infinitamente me tira o fôlego, sinto-me tonta, perco as forças nas pernas, os joelhos se dobram e caem meio as pedras. 
Esse silêncio arrebatador me corroe por dentro. 
Sinto a necessidade de te ver vivo, respirando, rosado e travesso. 
Meu mundo depende disso. 
F.

Desde aquele sonho, tenho vontade de cruzar as fronteiras e correr para teu mundo.
Perder-te infinitamente me tira o fôlego, sinto-me tonta, perco as forças nas pernas, os joelhos se dobram e caem meio as pedras.
Esse silêncio arrebatador me corroe por dentro.
Sinto a necessidade de te ver vivo, respirando, rosado e travesso.
Meu mundo depende disso.
F.

March 10, 2014 1:36 am
Em sua partida eu me perdi, eu me entreguei às trevas, eu me isolei e me enforquei.
Perdi o que tinha de mais valioso em minha vida, mas não senti dor, pois a escuridão era fria e turbulenta, meus pensamentos foram domados e enjaulados, tudo havia se acabado. 
A fé, o amor, a esperança, a herança e a inspiração foram trancados há sete chaves, o capitão com tapa olho jogou o baú no meio do oceano. Agora, minha vida está perdida em meio espécies diversas da mão natureza. Eu já não senti falta. 
Mas hoje, ao despertar de um sono profundo, maligno e traiçoeiro eu pude ver o eclipse “Que belo tu eres!” eu disse, mas o belo transformou-se em chamas, despencando do céu, como o desespero se joga de cima do prédio e, atingiu, atingiu a guerra transformando a esperança em caos, morte e destruição. 
Se tú morres, o meu mundo deixará de existir e se juntará com minhas esperanças lá no fundo do oceano, enquanto me transformo em iceberg. 
F.

Em sua partida eu me perdi, eu me entreguei às trevas, eu me isolei e me enforquei.
Perdi o que tinha de mais valioso em minha vida, mas não senti dor, pois a escuridão era fria e turbulenta, meus pensamentos foram domados e enjaulados, tudo havia se acabado.
A fé, o amor, a esperança, a herança e a inspiração foram trancados há sete chaves, o capitão com tapa olho jogou o baú no meio do oceano. Agora, minha vida está perdida em meio espécies diversas da mão natureza. Eu já não senti falta.
Mas hoje, ao despertar de um sono profundo, maligno e traiçoeiro eu pude ver o eclipse “Que belo tu eres!” eu disse, mas o belo transformou-se em chamas, despencando do céu, como o desespero se joga de cima do prédio e, atingiu, atingiu a guerra transformando a esperança em caos, morte e destruição.
Se tú morres, o meu mundo deixará de existir e se juntará com minhas esperanças lá no fundo do oceano, enquanto me transformo em iceberg.
F.

February 9, 2014 5:37 am
Então toda a história de amor verdadeiro era mentira… 
Sua promessa de estar ao meu lado, era pura encenação,
As força com que ouvi de que nunca desistiria de nós…hoje, também se mostra sua grande mentira. 
Que amor é esse que bate a porta e vai embora? 
Que amor é esse que julga, só olha para seu umbigo e joga fora? 
Que amor é esse que abandona quando a gente mais precisa? 
F.

Então toda a história de amor verdadeiro era mentira…
Sua promessa de estar ao meu lado, era pura encenação,
As força com que ouvi de que nunca desistiria de nós…hoje, também se mostra sua grande mentira.
Que amor é esse que bate a porta e vai embora?
Que amor é esse que julga, só olha para seu umbigo e joga fora?
Que amor é esse que abandona quando a gente mais precisa?
F.

5:26 am 4:32 am 4:31 am